segunda-feira, 18 de agosto de 2014

Eu Hei de

 

 

Eu hei de falhar contigo muitas vezes. Mas hei de acertar contigo, ainda mais vezes.

Eu hei de odiar-te muitas vezes. Mas hei de amar-te mais vezes que as que te odeio.

Eu hei de esquecer-te muitas vezes. Mas

hei de lembrar-te muito mais vezes que as que te esqueço.

Eu hei de dizer-te muitas vezes que parto. Mas

mais serão as vezes que fico contigo.

 

E sei por isso, que te pertenço de todas as vezes que te quero.

E sei por isso, que amor é isto.

É que se o amor não é isto, eu não sei então o que é amor.

E se isto não é amor, então eu desconheço o que é amar.

 

 

*

 

 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Partilha comigo a tua teoria.