quinta-feira, 7 de março de 2013

Monologando...

 

Eu quis ser forte, mas não se é forte apenas porque sim.

 

Eu quis chorar, mas engoli corajosamente cada lágrima.

 

Eu quis gritar por ti, mas senti como um nó o grito cravado na minha garganta.

 

Eu quis chamar-te, mas da minha boca, apenas saiu um sussurro inaudível.

 

Eu quis correr, mas faltaram-me as forças, e então deixei-me ficar aqui, parada.

 

Eu quis lutar, mas só me restou ficar no chão com a poeira.

 

Eu quis sorrir, mas a dor de te não ter, não deixou.

 

Eu quis querer, mas viver, não basta para isso.

 

Eu quis amar-te, mas amar-te era perder-nos, e então por te amar, simplesmente, desisti.

 

*

 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Partilha comigo a tua teoria.