domingo, 23 de dezembro de 2012

Hoje, Um Dia Assim...

 

Hoje,

Preciso de falar o que calei.

Porquê?

Boa pergunta…

Não sei.

É que hoje,

O caminho aparenta ser sinuoso e difícil.

É como que se ao tentar chegar ao final,

Entendesse que há um não sei quê de aparentemente impossível.

 

Hoje,

As palavras com que brinco, olham-me de soslaio

Numa reprovação muda e desalento.

Eu não lhes faço frente, é certo.

Mas que desalento, este que às vezes sinto!

 

Hoje,

Sinto que ficaram tantas coisas por dizer…

Tantos abraços por dar, tantos sonhos por cumprir,

Tantos desejos por realizar,

Tantos restos de nada por preencher

Tanto daquilo que fica por ficar,

Sem que alguém queira sequer entender!

 

Hoje,

Olho o velho relógio parado,

O espelho antigo e a vida, lá fora à solta.

Mas isso a quem importa?

Hoje poucos reconhecem quem sou…

Outros julgam, estar minha alma morta!

Hoje eu sei, o que acham os outros de mim…

Mas se julgam que tal me importa…

Saibam então o quanto…

Porque a prova, têm-na aqui!

 

Hoje,

Não é fácil olhar para traz e sorrir de alegria.

A vontade de chorar e gritar ainda cá mora,

Faz-me aquela infalível companhia.

Hoje, ainda vejo o quanto o ontem ainda existe…

Não é amargo nem doce… Não é o agora, mas resiste

Nas lembranças e sonhos aos quais já ninguém liga ou proclama…

Só ligo eu,

 Mas também, verdade seja dita,

 Sou sempre a mesma!

Hoje, depois de tudo, fiquei aqui nesta mesa a escrever este poema,

E não é que o escrevi?

Agora dou-o por terminado…

Porque depois do poema acabar…

O dia de hoje, também, como tudo, chega ao fim!

 

 

                               Fim.                     

 

4 comentários:

  1. como é lindo as palavas que escreves.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada meu mano... :) fico feliz que gostas e que entendes o que escrevo :) **

      Eliminar
  2. É como se escrevesses por mim..

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Para um escritor, nada é mais gratificante do que saber que um leitor se identifica com o que se escreve... que bom que assim é... :)

      Eliminar

Partilha comigo a tua teoria.